Preconceito literário: você já sofreu?

Todos temos opiniões, visões boas e ruins de alguma coisa. A maioria de nós tem opiniões pré-moldadas, fundamentadas em opiniões alheias ou equivocadas, causando generalização. A isso damos o nome de preconceito.

Alguns de nós gostam de ler, outros gostam muito, tem gente que lê até bula de remédio, uma placa na rua, então, nem passa batida. Muitos leem literatura clássica, poesia. Muitos outros leem young adults (YA), fantasia, histórias eróticas da moda, que estão em todas as prateleiras, de qualquer livraria. A todos esses nós damos o nome de leitores.

Uma porcentagem ainda não definida de leitores de livros que foram muito aclamados pela crítica no passado se acham superiores aos que leem livros da moda, gerando assim uma generalização e dizendo que estes não leem a “verdadeira literatura”, esnobando e até inferiorizando qualquer um que leia diferente. A isso damos o nome de preconceito literário.

Nós já passamos por épocas de ditaduras, épocas em que livros eram proibidos, porque então querer limitar leituras agora? Porque agora em épocas que dizem que brasileiros, por exemplo, não leem, queremos menosprezar os enormes números de vendas de livros nos últimos meses, só porque estes não se encaixam em uma OPINIÃO equivocada de verdadeira literatura?

Ok, você pode tentar me convencer, dizendo que estudou, é crítico literário, e leu minuciosamente um livro da moda e provar, com argumentos linguísticos que tal livro não é bom. Isso, você pode me dizer se ele é bom ou não. Baseado na sua ou na minha opinião ele pode ser bom ou ruim. Pode ser uma catástrofe literária ou o melhor do mundo.

Devemos levar em conta que o gosto da literatura é mais reforçada quando temos liberdade de escolher o que queremos ler. Se Machado de Assis não me agrada, mas J.K. Rowling sim, oras, qual seria a escolha óbvia? Esse amor e ódio em relação aos livros mais vendidos é perda de tempo de leitura. Esses best-sellers, inicialmente, podem ser “bobagens”, mas levam os seus leitores a procurarem livros parecidos ou citados na obra. Crepúsculo pode levar alguém a ler Emily Bronte e Shakespeare, As vantagens de ser invisível pode levar alguém a ler J.D Salinger, assim como Branca como o leite, Vermelha como o Sangue pode levar alguém a ler Dante Alighieri e O Lado Bom da Vida levar alguém a ler Hemingway. Posso dizer ainda que a a grande maioria dos leitores jovens de hoje foram incentivados por que leram Harry Potter na infância/adolescência. E, dificilmente, quem vai comprar Marquês de Sade o troca por E.L. James.

Então, a solução simples para quem não gosta de livros da moda é passar longe. A divisão é clara nas livrarias e você pode passar reto pelas vitrines expositoras de livros “bobos”. Não há obrigação de leitura. E o mais triste em um mundo em que vivemos com sexismo, xenofobia, preconceitos raciais e muitos outros, ainda temos que aturar preconceito literário.

https://livredujour.files.wordpress.com/2013/09/44359-fiquecalmoev25c325a1lerumlivro.jpg

Anúncios

  1. Pingback: Como ser amigo de um leitor | Livro do dia

  2. Pingback: Você é velho demais para ler livro infantil? | Livro do dia

  3. Pingback: Banned Books Week ou Semana dos Livros Banidos | Livro do dia

  4. Tb sou da opinião que só o fato da pessoas estar lendo já é uma grande vitória, não importando o tipo de livro. Normalmente a pessoas começa a ler o que gosta para depois acabar experimentando novos estilos.

    Estou seguindo seu blog para acompanhar as atualizações e sempre que puder fazer uma visita.
    Abraços

    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

  5. Amei o post!
    Concordo plenamente com você: essa coisa de que apenas um gênero literário é o socialmente aceito já está mais do que ultrapassado.
    Acho que o mais importante é, de fato, LER, não importa o que te agrade, porque todos os livros nos ensinam alguma coisa.
    Queria que mais pessoas pensassem como você, afinal, que leitor nunca foi julgado?
    Beijos

    http://www.meumeiodevaneio.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: