O último homem do mundo, por Taís Cortez

Capa do livro

Capa do livro

Eu sou fraca e uma farsa. Não consigo para de furar fila na minha lista de leituras, muito menos parar de baixar livros por aí.

Quando vi que a Tais disponibilizou o livro de graça na Amazon, não perdi tempo. Porque coisas de graça já são boas, livros então… Mas o pior foi que que não pretendia começar a ler tão cedo, só que eu ouvia tanto falar de Golfinhos e Tubarões,da mesma autora, que eu resolvi dar uma chance e conhecer, além de precisar de algo mais leve para ler.

Esse é um livro bem sessão da tarde, de uma forma boa. Essa é a parte que eu mostro minha farsa, pois eu fujo tanto de romances ultimamente e à esse eu não consegui resistir.

Amanda é filha de uma atriz famosa mundialmente e revoltada com a falta de atenção da mãe, com isso ela faz questão de ser expulsa de todas as escolas que é matriculada, colecionando três até o momento. Na quarta escola, no entanto, ela se surpreende, apesar de ser de período integral, pois faz amigos, inimiga e encontra um novo amor, Ricardo, aquele fofo e último homem do mundo com quem ela se relacionaria.

No início a protagonista se mostra bem irritante e infantil, fiquei com medo disso se estender pelo livro todo, mas quando Amanda desapega da raiva pela mãe, tudo fica melhor, temos momentos engraçados, de solidariedade, amizade e, claro, românticos.

Era inaceitável que ela decidisse sobre minha vida sem considerar minha opinião. Era inaceitável que ela estivesse feliz enquanto eu não estava. E era inaceitável que eu não fizesse algo a respeito.

O livro é muito legal, me peguei rindo e com o olho cheio d’água. A narrativa é leve e fluida, faz você querer mais. Os acontecimentos são bem naturais e gostei bastante da forma que a escritora escreve.

Eu já declarei guerra a alguns clichês aqui no bloguinho, mas esse é um clichê bom que me pegou de jeito, é historia de amor de comédia romântica que tanta gente gosta. Fiquei querendo mais Ricardo e Escola Elite. Leiam, vale a pena.

Anúncios

  1. naiara andrade de Oliveira

    Oiee , bom gostei muito da resenha mais gostaria de saber se alguem poderia mandar para o link em pdf , pois eu nao acho em nem um lugar .bjss

  2. Tais Cortez

    Oiii!
    Adorei a resenha!!!
    Obrigadaaaa 😀
    Bjsss e sucesso ao blog!

  3. Oii!! Nossa, me vi nessa sua primeira frase, porque eu sou igualzinha! Já nem esquento a cabeça hahaha
    Como você, também declaro guerra a clichês, mas também fui pega de cheio por alguns. Acho que fica difícil fugir deles, mais cedo ou mais tarde.
    Não é meu estilo favorito, mas só pelo nome do livro me interessei. Costumo ler tantos livros profundos que sinto que leituras leves são sempre bem-vindas!
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

  4. Às vezes a gente declara guerra ao clichê mas não consegue resistir, né? Esse parece ser bem leve, daqueles que a gente lê e nem percebe que tá passando as páginas.

    Beijos e boas festas!
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

  5. Olá,
    tudo bem?
    Eu li recentemente o livro: Golfinhos e Tubarões e adorei!!!!!!!
    Então, é claro que eu também baixei o meu e-book: O último homem do mundo. Ainda não consegui ler e essa é a primeira resenha que vejo.
    Fico feliz por ter gostado do livro, eu adoro comédias românticas e não me importo nem um pouco com os clichês.
    beijinhos.
    Cila- leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: