Persuasão, por Jane Austen (ou porque eu gosto tanto de ler)

Comprei uma versão de Persuasão bem baratinha uma vez, na feirinha lá em frente ao metrô da carioca, no centro do Rio de Janeiro. Custou dois reais. Sou apaixonada por Orgulho e Preconceito e comecei a ter em mente que leria todos os livros da Jane Austen, mas minha edições de Abadia de Northanger e Persuasão eram tão xexelentinhas. Porque leitores gostam de ler, certo? Mas o compulsivos-materialistas gostam de livros! Em um sebo na rua do meu trabalho (bato ponto lá todo mês), em Bangu, encontrei uma edição tão linda de Persuasão que comecei a ler imediatamente. Me pergunto porque demorei tanto.

Leia Jane Austen

Desde o inicio do livro fui fisgada pelo coração, tanto na apresentação, quanto no inicio da narrativa. Veio devagar e depois com fúria e eu não conseguia largar. Se tornou um dos meus queridos, autora querida.

Não sei se é característica da época ou da autora, mas o livro tem descrições, que eu geralmente não gosto, acho chato, encher linguiça. Muitas descrições. Descrições das pessoas, dos lugares, dos comportamentos. Aí eu começo a achar que é da autora mesmo, tanto pelo que ela viveu e na época que viveu, quanto por ela ter uma escrita mais ácida e crítica. Mulher criticando comportamento do seu século é muito amor no meu coração. Então foi isso que me conquistou, esse humor ácido, os diálogos maravilhosos, a posição e atitude da “mocinha”, que a descrição ficou lá, no seu devido lugar, sendo respeitada e digerida por mim.

Fonte: Pinterest

O que me leva a dar outro subtitulo ao texto: “ou porque Morte Súbita continua sendo o livro mais chato que eu já li”. Esse livro não consegue descer na minha goela de tão massante. A J.K Rowling escreveu o pior livro que li em 2013 de tão chatas que eram suas descrições ao longo da história. Sério, moça, porque? Um pouco antes de Persuasão eu li O Sol é para todos, da Haper Lee, e continha o mesmo nível de descrições da Austen, ou até da Rowling, mas também foi um dos melhores livros do ano até agora (estou numa sequência de livros ótimos escritos por mulheres. yay!).

Alguém consegue me explicar a diferença da minha opinião no livro das três mocinhas? Seria o tema, o jeito de escrever, de levar a história e os personagens? O erro é meu, por não ler no tempo certo (que vamos comentar, é importantíssimo ler o livro no momento certo), ou da autora/livro que é ruim mesmo? Ou é só questão de gosto mesmo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: