A mulher desiludida, por Simone de Beauvoir – o papel e as perspectivas da mulher na década de 60

Onde estava meu controle emocional quando li esse livro? Não indicado para pessoas desgostosas e desiludidas, pois é um livre triste, tristinho…

a mulher desiludida - simone de beauvoir-livro do dia (2)

Domingo, 10 de abril

Depois de arrastar a leitura mais do que o normal para ler um livro de 190 páginas e com três histórias curtas, peguei firme para ler hoje, um domingo não muito bom enquanto estou sozinha com as minhas preocupações atuais. E eu choro. Choro pela minha própria tristeza misturada com as páginas e lágrimas choradas também por essas personagens  em crise por suas identidades, pelos seus papéis impostos e por suas expectativas de sucesso.

Em A idade da descrição, a mãe de Filipe, uma senhora de meia idade, registra com amargura a deterioração do seu relacionamento com o filho e a inutilidade de seu exemplo dado a vida toda. Acompanhamos os dilemas de uma mulher ao envelhecer. A solidão, o comodismo do marido, o rancor pelo filho e a frustração com seu trabalho. Achei interessante a forma como parece uma autobiografia, com o casal de intelectuais, suas posições políticas e a personagem escritora, em crise, não sabendo lidar com a sua idade e com as críticas ao seu livro. É um conto que serve para refletir sobre os rumos de nossa vida e o que esperamos do futuro.

No segundo, Monólogo, Murielle derrama em um violento fluxo de consciência, assim sem vírgula nem nada, sua raiva, dor e impotência gerada pelo suicídio de sua filha, além do fiasco de seus casamentos. É uma mulher só e triste.

Segunda, 11 de abril

Precisei parar e terminar a leitura do ultimo conto hoje. Quando comecei a leitura do A mulher desiludida, ela me parecia promissora “finalmente esse conto será menos angustiante, mais feliz”. Mero engano.

Monique vê sua estabilidade emocional partir-se quando descobre que o marido tem uma amante. Pensei tantas vezes “quanto tempo essa mulher vai aguentar essa situação?”; mas, nossa, conheço e conheci tantas mulheres que vivem/viveram em uma prisão sentimental, relacionamentos abusivos e migalhas de amor em relacionamentos destroçados. Por meio de registro em um diário, Simone (e Monique) objetivamente trabalhou minha empatia com o outro e a reflexão frente a angústia do outro.

a mulher desiludida - simone de beauvoir-livro do dia (1)

Segunda mais tarde

Me pergunto se eu consigo colocar em palavras essas histórias tão curtas. Será que me tocou tanto pela minha tristeza acumulada? Não é nem por identificação, meus relacionamentos não chegam nem perto dos contados no livro. Não é nem isso pelo qual estou passando agora. Mas a sororidade, né? Não tem como você não sentir pela outra.

Essas três mulheres se rendem à fragilidade de sua personalidade e existência, essa fragilidade que está muito ligada à uma visão externa, principalmente uma “visão masculina”. É sempre culpa dela, ela que está sendo exageradamente cuidadosa, ou não; ela que está sempre oprimindo o marido, os filhos; ela que está sempre diante de todas as acusações; ela que sempre deve ser menos agressiva, menos mesquinha e egoísta; ela que não é compreensiva à “psicologia masculina”; que tem sua vida construída em volta de relacionamentos conjugais.

Os contos são sobre mulheres brancas com condição financeira boa, todos com ar parisiense. Mostra, claro, essa visão das mulheres burguesas da década de 60 e exclui muitas vertentes do feminismo, mas não deixa de mostrar uma opressão. Elas são cegas por essa luz de falsa consciência. É uma injustiça histórica.


Onde achar o livro: A mulher desiludida

(comprando pelo link você ajuda o blog a se manter e crescer)

Anúncios

Um Comentário

  1. Pingback: Livros Feministas para Mães – Dicas de presente | Livro do dia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: